Press "Enter" to skip to content

Ciro promete deixar a política se Bolsonaro for eleito: ‘Vou cumprimentá-lo e depois chorar’

O candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, prometeu deixar a política caso Jair Bolsonaro (PSL), seu adversário na eleição deste ano, seja eleito presidente do Brasil. Em entrevista concedida nesta quarta-feira (12), ele criticou o seu rival e disse que militar não pode falar de política no seu governo.

“Vou desejar boa sorte a ele, cumprimentá-lo pelo privilégio e depois vou chorar. Eu saio da política. A minha razão de estar na política é confiar no povo brasileiro”, declarou Ciro durante sabatina promovida pelos jornais O Globo, Valor Econômico e revista Época.

O candidato do PDT também fez duras críticas ao vice de Bolsonaro, o general Hamilton Mourão (PRTB). “Esse general Mourão, que é um jumento de carga, tem uma entrada no Exército e agora se considera tutor da nação. Os brasileiros têm que deixar muito claro que quem manda no país é o povo”, afirmou.