Alunos do Colégio Municipal Othoniel participam do projeto “Educando com horta escolar” em Itagimirim

Ensinar, Motivar, Socializar e Conscientizar são as palavras de ordem para desenvolver o projeto “EDUCANDO COM HORTA ESCOLAR” no Colégio Municipal Othoniel Ferreira dos Santos, em Itagimirim.

A ideia de manter uma horta dentro de uma unidade escolar se tornou uma tarefa extremamente fácil quando o objetivo principal é ensinar matemática, geografia e conscientização ambiental no reaproveitamento de material reciclável com alunos dos quintos anos A & B do ensino fundamental, através do plantio de verduras, hortaliças e inclusive, ervas medicinais.

Com o propósito de conscientizar os alunos do Colégio Othoniel da importância de preservação ambiental, conhecimento pedagógico em matemática/geografia, desenvolver hábitos saudáveis, e manter boas relações de convivência em sociedade, a professora ERONICE SOUZA DO AMARAL ( Kotta Amaral) vem desenvolvendo um projeto que tem conseguido a adesão maciça das turmas dos quintos anos.

Muito orgulhosa com os resultados alcançados

pelos trabalhos, e extremamente realizada com a aceitação do projeto por alunos, pais e colegas de trabalho, Kotta Amaral falou com satisfação da importância e da continuidade do projeto.

Professora Eronice (Kotta) orientando seus alunos. (Imagens: Ascom-Prefeitura de Itagimirim)

– Esse é um trabalho que tem trazido frutos maravilhosos para a nossa escola; os nossos alunos tem desenvolvido habilidades no aprendizado em matemática, geografia, consciência ambiental e também no relacionamento interpessoal. É visível a felicidade e a alegria da turma quando estão cuidando da horta, eles nem percebem que estão aprendendo os conteúdos pedagógicos, tamanha é a empolgação e o envolvimento com a manipulação e o contato com a terra – afirmou Kotta.

A diretora do Colégio Othoniel, Aguivania Rodrigues e a coordenadora pedagógica, Luzimeire Stolze falaram sobre importância da implantação e dos resultados alcançados com projeto na escola: “A área hoje usada para o cultivo do projeto horta/escola, era um espécie de deposito de entulho e estava sem utilidade funcional, com um olhar criterioso a professora Kotta Amaral enxergou uma luz no fim do túnel, dando assim, uma utilidade para esse espaço de terra tão rico e fértil que estava desperdiçado. Ficamos felizes com tamanha empolgação da professora e também dos alunos. Ideias como essa devem ser perpetuadas para que os nossos alunos aprendam com mais objetividade e que nossa educação seja vista de um ângulo mais alegre e bem mais producente”.

A professora Kotta Amaral ainda informou que vem lutando diariamente para que o projeto não acabe, pois acredita na ideia e nos resultados apresentados: “tenho alunos aqui que são verdadeiros protetores dessa horta, não gostaria de ser injusta com os demais, que tem na horta, uma verdadeira admiração e participação efetiva, contudo quero ressaltar o empenho e a dedicação que os alunos Wagner, Daniel e Henrique têm em cuidar desse pequeno pedaço de terra. Eles tratam a horta como algo particular, eles têm amor, carinho e muito zelo pelas plantações. Sou grata a Deus, aos meus alunos e as pessoas que tem colaborado com esse projeto. Quero muito dar continuidade ao projeto, e isso só depende da interação da comunidade, pais, professores e alunos.

Quando todos se unem para usufruir dos benefícios e da grande variedade de produtos saudáveis, como estímulo ao trabalho em equipe e, sem a utilização de agrotóxicos, os resultados são bem mais prazerosos para todo mundo”.