Press "Enter" to skip to content

Rui Costa empossa 19 dos 20 secretários para seu segundo mandato

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), empossou, na tarde de ontem, 19 dos 20 secretários que vão integrar o segundo governo. Apenas Manoel Vitório, que é titular da Fazenda, não compareceu à cerimônia no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, porque está em viagem, segundo a assessoria de comunicação. Antes de iniciar o evento, o chefe do Palácio de Ondina anunciou que o deputado federal Sérgio Brito (PSD) será secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

Com vinda de Sérgio Brito para o governo, o suplente Joseildo Ramos (PT) vai para a Câmara dos Deputados. “Uma honra muito grande fazer parte do melhor governo do Brasil. O governador tem feito uma gestão fantástica por nossa Bahia, e nossa Bahia está no caminho certo com o governador Rui. Uma secretaria muito importante e só quero poder, com minha pequena experiência, ajudar na gestão”, disse o novo chefe da Sedur.

O governador, ainda, falta definir quatro pastas que devem ter indicações do PT. As secretarias de Desenvolvimento Rural (SDR); Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS); Relações Institucionais (Serin) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) permanecem com os chefes indefinidos. Há rumores de que Rui Costa deve nomear o deputado federal Josias Gomes (PT) para SDR. Neste cenário, Paulo Magalhães (PSD) retorna para o Congresso Nacional.

Ontem, o presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar, afirmou que há um acordo para que Paulo Magalhães volte para a Câmara. “Paulo Magalhães nunca saiu da Câmara, até porque a primeira conversa minha com o governador, eu coloquei como prioridade que ele pudesse não deixar de ser deputado, porque ele ajuda muito a Bahia. Ajudou muito o governador trazendo verbas para várias secretarias do estado. Então, na minha cabeça, ele nunca tinha deixado de ser deputado, até porque o governador se comprometeu conosco na primeira reunião a dar as condições para que ele pudesse continuar no mandato de deputado”, declarou.

Nas secretarias que mantiveram os gestores, foram empossados Edelvino Góes (Administração), Nestor Duarte (Administração Penitenciária), Bruno Dauster (Casa Civil), André Curvello (Comunicação), Arany Santana (Cultura), Fabya Reis (Igualdade Racial), Marcus Cavalcanti (Infraestrutura), Julieta Palmeira (Políticas para as Mulheres), Fábio Vilas-Boas (Saúde) e Maurício Barbosa (Segurança). Já nas secretarias com novos titulares, foram empossados: Lucas Teixeira Costa (Agricultura), João Leão (Desenvolvimento Econômico), Sérgio Brito (Desenvolvimento Urbano), Jerônimo Rodrigues (Educação), Leonardo Góes da Silva (Infraestrutura Hídrica e Saneamento), João Carlos Oliveira da Silva (Meio Ambiente), Walter Pinheiro (Planejamento), Davidson Magalhães (Trabalho, Emprego, Renda e Esporte) e Fausto Franco (Turismo).

“É uma equipe com perfil técnico, mas também com conceito político, que possa acelerar os investimentos e manter a Bahia nesse ritmo de crescimento. O que nós queremos é que a Bahia continue superando as dificuldades nacionais e conseguindo ser exceção à regra no país inteiro. Nós estamos, com muito trabalho, conseguindo superar e vencer as adversidades, mantendo a Bahia no equilíbrio fiscal e financeiro, sem deixar de fazer os investimentos”, afirmou o governador. 

Tribuna da Bahia