Prefeitura de Guaratinga tem contas rejeitadas pelo TCM

As contas da Prefeitura de Guaratinga relativas ao exercício de 2018, sob responsabilidade da prefeita Christine Pinto (PSD), foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios durante sessão na terça-feira (04).

De acordo com o TCM, a principal irregularidade praticada pela gestora foi a extrapolação do limite máximo para despesa com pessoal, que alcançou o montante de R$30.266.072,60, representando 65,11% da receita corrente líquida, quando o máximo permitido é 54%.

O conselheiro Raimundo Moreira, relator do parecer, multou a prefeita em R$58.500,00, pela não redução desses gastos, e em R$4,5 mil, face às demais irregularidades apontadas no relatório técnico.

A decisão cabe recurso.

Fonte: Radar64 e TCM