Prisão de suspeito pelo assassinato de Rielson Lima reascende a esperança por justiça

Após seis anos do brutal assassinato do então prefeito de Itagimirim, Rielson Lima, a busca por justiça ainda continua. As investigações, iniciadas imediatamente após o atentado, podem ter chegado a um ponto de virada, com a prisão de um suspeito na última quarta-feira, 05.

O suspeito, que ainda não teve a identidade divulgada, foi preso em Brasília durante uma operação conduzida por policiais civis da cidade de Eunápolis, com o apoio de agentes da Policia Civil do Distrito Federal.

Segundo informações da 23ª COORPIN/Eunápolis, o suspeito, será apresentado ao Juiz Dr. Otaviano Andrade de Souza Sobrinho, Titular da Vara do Júri da Comarca de Eunápolis, que decretou a prisão temporária.

O prefeito Rielson foi atingido por quatro tiros na noite de 29 de julho de 2014, na Praça Castro Alves, centro de Itagimirim. Segundo testemunhas, ele estava num bar, quando dois homens chegaram a bordo de uma moto. Após o crime, os executores fugiram sem deixar pistas.

Esse terrível crime chocou toda a população da pequena cidade de Itagimirim e ganhou repercussão nacional. Na árdua missão de elucidar esse caso, várias operações já foram deflagradas pelas autoridades policiais, suspeitos chegaram a ser indiciados, mas, até o momento, o crime continua sem solução. Essa nova prisão reascende a esperança de que a justiça finalmente seja feita e os envolvidos sejam punidos com o rigor da lei.

Da Redação