Avião com doses da vacina da Covid-19 bate em animal em pista de pouso na Bahia

Aeronave bateu em jumento pouco depois de pousar na pista do aeródromo de Ibotirama — Foto: Gazeta 5

Um avião da Casa Militar do Governador da Bahia, que fazia o transporte de doses da vacina contra a Covid-19 para a cidade de Ibotirama, no oeste do estado, se chocou contra um jumento que estava na pista do aeródromo do município, na manhã desta quarta-feira (3).

A aeronave transportava quatro caixas com vacinas, que não foram danificadas. De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), não houve problemas com o imunizante nem com o piloto.

A aeronave teve danos pequenos e outro avião foi deslocado para dar a sequência ao transporte das vacinas.

A Sesab informou que o acidente não comprometeu a distribuição do imunizante. No entanto, por causa da logística, haverá atraso na chegada das vacinas às cidades de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória, na região oeste do estado, vizinhas a Ibotirama.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o acidente aconteceu pouco depois que a aeronave pousou na pista. Uma equipe da Polícia Militar esteve no local para prestar auxílio à ocorrência e verificou que o animal ficou ferido e fugiu do local. Não há informações sobre as extensões dos ferimentos do animal.

Novo lote de vacinas

Uma carga com mais de 165 mil doses da CoronaVac, nome do imunizante produzido pelo Instituto Butantan, chegou ao aeroporto de Salvador na madrugada desta terça-feira (3). Os lotes foram organizados pelo Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) e distribuídos para as centrais regionais do interior, de onde serão encaminhados aos municípios ao longo do dia.

Segundo o governo da Bahia, a nova remessa dará possibilidade de continuidade à primeira fase do plano de vacinação, que inclui idosos e trabalhadores de saúde.

Além da Bahia, outros estados receberam doses da CoronaVac.

G1